Google+ Badge

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

POVO BRASILEIRO, DONO E PROPRIETÁRIO DO CONGRESSO NACIONAL num Grupo de Cidadãos Brasileiros ACESSA os recintos da Câmara Federal, mostrando para a nação, o fim da paciência do POVO BRASILEIRO.

A imprensa brasileira em geral, paga em bilhões de reais em verbas publicitárias de governos, partidos, vende notícias e colocam manchetes que nem sempre representam a verdadeira vontade popular, e ou, procuram desqualificar qualquer ato cívico, pacífico, ético e na prática da moral e dos bons costumes, em exigir respeito e mais responsabilidade de deputados e senadores, no cumprimento do seu dever a quem foi conferido pelo próprio povo e cidadãos brasileiros nesta tarde de quarta-feira, dia 16 de novembro de 2016.

A manchete dos jornais mais sérios e que de fato estejam do lado da grande maioria dos cidadãos brasileiros, perdeu a grande chance de ser imparcial, de realizar uma leitura da total insatisfação e esgotamento dessa classe política, partidos, grupelhos e bandidos que se apoderaram em nome da democracia, para tratar de assuntos ilícitos e que em nada vão no encontro das soluções verdadeiras, dos nossos gravíssimos problemas em que esta sofrida nação.

MANCHETE MAIS VERDADEIRA E ADEQUADA PARA OS FATOS E ACONTECIMENTOS OCORRIDOS NO RECINTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, NO CONGRESSO NACIONAL BRASILEIRO, BRASÍLIA, DF.

" POVO BRASILEIRO, DONO E PROPRIETÁRIO DO CONGRESSO NACIONAL num grupo representante de Cidadãos Brasileiros ACESSA DE FORMA PACÍFICA os recintos da Câmara Federal, mostrando para a nação, o fim da paciência do POVO BRASILEIRO, para com toda classe politica, partidos que se apropriaram do poder, contra as legítimas e verdadeiras carências e demandas sociais do nosso cidadão brasileiro, suas famílias e roubaram nossos sonhos como nação livre, soberana e gentil".

Seguimos o presente artigo, com um rápido resumo do que estamos sentido nesses últimos anos de enganação, fraudes, desvio de bilhões de dólares dos cofres públicos, de construção de estádios desnecessários evidenciando que em nenhum momento, existia preocupação com o bem estar de nossa gente, com o bem estar e os cuidados com disponibilidade de recursos para melhor atendimento nos setores da saúde pública, educação, infraestrutura urbana, transportes, obras de logística.

Demonstraram nesses anos todos, que além da incompetência para gestão de nossas cidades, gestão responsável dos nossos estados brasileiros, gestão moral, ética e cívica de nossa nação federativa, conhecida como união; se serviram para a prática de roubos e fraudes de todas as espécies e tipos praticadas nos quatro cantos de nossa nação.

Não bastassem os crimes praticados contra o estado brasileiro, e como vítimas os cidadãos brasileiros, os eleitores, os contribuintes, rasgaram leis e normas de conduta, praticaram atos criminosos que sangraram recursos de tal grandeza, que levaram a nação a situação falimentar da quebra da capacidade de prestação de serviços públicos de essencial importância para a vida dos brasileiros e de quem vive no Brasil atualmente.

Entendam bem, crime é crime, ordem é ordem. Roubar é um verbo, fraudar é outro verbo comum no mundo criminoso, onde são conjugados por imensas quadrilhas de todos os tipos, visando ora o poder pelas práticas ilícitas do tráfico de drogas, práticas ilícitas de vendas de armas e contrabando no território brasileiro, roubo dos cofres públicos, prática de cartéis e demais combinações de preços e vantagens em exclusão do mercado conhecido de livre concorrência no país.

Assim, quadrilhas em ação semelhantes as conhecidas historicamente com máfias, ficam acima e foram das leis e ordenamentos jurídicos em que nós cidadãos estamos submetidos. Acima da lei, a margem da ordem, são capazes de praticar qualquer tipo de crime de ordem tributária, crime de lavagem de dinheiro, crimes de corrupção ativa e passiva, crimes de formação de quadrilhas, associações criminosas, peculatos, e demais outros conhecidos.

O BRASIL ainda perplexo com o acontecido e conhecido como caso "MENSALÃO" assistiu atônico ao teatro de mentiras, de manipulação das verdades nas CPI - Comissões Parlamentares de Inquéritos, que no mais cinismos "faz de conta" que estamos passando o país a limpo; que "faz de conta" que estamos apurando os fatos e atos praticados contra o decoro parlamentar; "faz de conta" que estamos fiscalizando e apurando abusos na condução, uso e aplicação dos recursos públicos desta nação.

Essas atitudes do "faz de conta" com mentiras, falas mentirosas e enganadoras, juramentos criminosos (falta da verdade), dissimulação de palavras e depoimentos, falta de responsabilidade cívica e moral perante os cidadãos brasileiros levaram a péssima imagem da corrupção instalada nos recintos do poder legislativo nacional brasileiro. Em quem confiar então?

Erramos novamente em confiar no poder judiciário, que vem prevaricando e protegendo criminosos, ladrões do dinheiro público, através do escudo imoral do conhecido FORO PRIVILEGIADO oferecido a deputados, senadores, presidentes, ministros, governadores, etc.

O que deveria ser regra, virou exceção que invertida, começou a proteger bandidos profissionais, que utilizaram da política, partidos e do sistema frágil eleitoral implantado no Brasil, para subir e descer em mandatos, prefeitos, governadores, deputados, senadores, ministros, etc. Assim, além da imoralidade ética e cívica desses criminosos, e sabendo da incapacidade do STF - Supremo Tribunal Federal, apostaram tudo na IMPUNIDADE quanto as consequências de todos os seus crimes e atos criminosos contra o patrimônio público nacional.

Por outro lado, o próprio poder judiciário calou-se diante grave situação. De maneira específica, o próprio STF deveria ter utilizado de suas prerrogativas em expor grave problema no sistema constitucional, onde a sociedade alertada a tempo, deveria ser chamada a opinar em como solucionar o problema, ou seja, da falta de punição, da falta de investigação dos crimes praticados pelos senhores deputados, senadores, ministros, governadores, presidentes, etc.

Deveriam os togados do STF agir em defesa da CONSTITUIÇÃO FEDERAL que lá diz que todos somos iguais, temos os mesmos direitos e deveres perante nossa nação. Ao invés disso, o próprio STF contribuiu de maneira irresponsável para a banalização do crime conhecido de "colarinho branco", ou seja, crimes praticados por homens importantes que utilizam de terno, colocados em boa posição social, com alta influência nos corredores palacianos. Alguns nos microfones dos palácios, brandando atos e procedimentos supostamente lícitos e para o bem da nação.

Quantas mentiras e enganos praticados pelo poder judiciário brasileiro. O STF lamentavelmente errou e ainda, não satisfeito lavou as mãos dos seus ministros, nas tendenciosas indicações políticas de outros poderes, para compor vagas no corpo do tribunal, com a única finalidade de proteger os seus padrinhos políticos. Ora, se a suprema corte tem como função proteger nossa CF - Constituição Federal, como ética e moralmente esses ministros poderiam aceitar cargos oriundos de fontes e pessoas apadrinhadas, dentro e ou fora dos outros poderes da república?

A omissão fez a ocasião e abriu o próspero campo da corrupção no Brasil. Certos da impunidade, os gestores, políticos, partidos, sindicatos, e demais sabiam que nada iria colocar em risco o que poderiam conquistar com atitudes e atos ilícitos. Quantos bilhões foram roubados e desviados de verbas públicas destinadas a construção de novos hospitais e unidades de saúde, escolas, creches, saneamento básico, estradas, ferrovias, portos, aeroportos, infraestrutura urbana no Brasil?

Essa mesma omissão, agora em história recente brasileira, mostrou a verdadeira face dos ministros togados junto a suprema corte, ou seja, passavam de manipuladores de entendimentos jurídicos, com falas incompreensíveis à cultura popular e leigos, visando demonstrar uma seriedade que já não mais existia no STF.

A pompa, a soberba e a ganância por mais privilégios, levaram o STF ser atualmente uma corte eivada de vícios de iniciativa, vícios de representatividade, vícios de parcialidade e bem como, atitudes não éticas, não lícitas e que demonstram tendências que favorecem partes criminosas que lá estão a dezenas de anos, sem julgamento e qualquer punição. IMPUNIDADE GENERALIZADA propiciada pela própria suprema corte brasileira.

As recentes desculpas que o tribunal não têm condições de julgamento da demanda, é outro escândalo contra a inteligência do povo brasileiro. Levaram anos e anos, escondendo processos nos arquivos para agora em novembro de 2016 se desculparem em ter tempo para prática de seus ofícios e obrigações nas quais recebem salários pagos pelos contribuintes e demais cidadãos brasileiros?

Que brincadeira é essa da suprema corte brasileira?

Com tudo isso acontecendo, para piorar a situação, numa tarde cinzenta para a nação, o STF julgou improcedente os crimes praticados por réus no caso do conhecido Mensalão, afirmando em sentença, que não ocorreram em hipótese alguma, atos que comprovassem a formação de organização criminosa na compra de votos, favores e corrupção.

Alegaram e julgaram de maneira leviana, configurando-se a maior aberração de uma corte em colegiado, julgar improcedente a existência e ou formação de quadrilha por parte de deputados, doleiros, políticos, partidos, etc. Sim, erro contra a nação brasileira, julgamento suspeito de verdade e de lisura ética e moral perante nossos eleitores, contribuintes e cidadãos brasileiros.

Foi dessa maneira e forma que a suprema corte brasileira, demonstrou para a nação de que lado estava. Protegendo os maiores bandidos e criminosos, fraudadores e ladrões do dinheiro público no Brasil. E ainda não se apurou a participação dos togados nos episódios, e quando isso ocorrer, iremos também conhecer juízes togados presos em cadeias da PF - Polícia Federal, a exemplo do que aconteceu recentemente com a prisão de um senador da república, a serviço do crime organizado implantado no país.

REAÇÕES LEGÍTIMAS, ÉTICAS, CÍVICAS E NECESSÁRIAS DO POVO BRASILEIRO

Passamos da hora de práticas mais insistentes e cobranças mais firmes quanto aos representantes eleitos para os parlamentos em todo o Brasil. Deixamos brechas para que eles cometessem crimes de todos os tipos, que mentissem descaradamente para a população, e que se sentissem inatingíveis e soberbos e soberanos acima da vontade popular.

Acordamos tarde para nossos deveres cívicos e nosso compromisso com nossos cidadãos e nossa nação. Porém, queremos renovar e recomeçar a escrever uma nova estória para o Brasil. Acreditamos que a massa do bolo apodreceu, e tudo nele nada mais se aproveita.

Para que possamos manter a saúde da nação brasileira, são necessárias atitudes corajosas e urgentes, como a demissão de políticos em geral, extinção de partidos e legendas partidárias de aluguel, acabar com os balcões de negócios e lobistas criminosos que corrompem e são corrompidos. Ainda, para recuperar a saúde da nação brasileira, deveremos demitir centenas de deputados federais e senadores da república, que demonstram atos e procedimentos de vícios e práticas criminosas no dia a dia desta nação.

A nação finalmente chegou a compreensão que os outorgados a cargos públicos, trabalham para nós brasileiros, ou seja, são apenas servidores públicos. Assim, poderemos questionar a qualidade dos serviços prestados, a eficiência e responsabilidade com que esses serviços são entregues para o povo brasileiro. Quando um servidor, em qualquer poder da república comete crimes, fraudes, roubos e demais atos ilícitos, a bem e a ordem do serviço público, deverá ser demitido, exonerado e apurado suas responsabilidades, respondendo sim, por atos administrativos que venham imputar situações de práticas criminosas, recebendo punições pelos crimes praticados.

Porém alguma coisa de urgente deve acontecer para a retirara desses péssimos servidores das funções públicas. A IMEDIATA EXONERAÇÃO DE OFÍCIO. Sim, a exoneração e abertura de processos administrativos, criminais para apuração fora dos cargos públicos a que estavam sendo alocados.

Esse princípio deve ser aplicado aos três poderes da república brasileira. Portanto são passíveis de exoneração imediata de ofício, todos os servidores públicos do poder judiciário, do poder legislativo, do poder executivo, em quaisquer níveis estiverem, sem prevalência de foros privilegiados.

É suspeito, praticou crimes, esta citado e envolvido em atos de corrupção, desvio de verbas públicas, falta de prestação de contas junto aos TCU - TCE - Tribunais de Contas da União e Estados, contas rejeitadas nos mandatos, serão todos responder aos processos, FORA DO SERVIÇO PÚBLICO BRASILEIRO.

SOMATÓRIA DE ILÍCITOS, FRAUDES, SACANAGENS, MÁ GESTÃO, ROUBOS

Nossa população paga um alta taxa de carga tributária em produtos e serviços. Porém, as contrapartidas não alcançam a maioria da população, existindo com essa prática ilícita na gestão pública brasileira, uma separação de classes de cidadãos. Aqueles que têm acesso a alguns poucos serviços públicos - cidadãos de 2ª categoria, e aqueles que têm acesso a todos e mais privilégios - cidadãos de 1ª categoria.

Sem entrar no mérito correto da demografia brasileira, poderemos afirmar que temos mais de 200.000.000 (duzentos milhões) de habitantes na faixa de cidadãos de 2ª categoria, e o restante, os privilegiados, cidadãos de 1ª categoria.

Sem devaneios sociológicos e filosóficos, entendemos que as consequências dos atuais problemas de roubos do dinheiro público, na falta de comprometimento com as demandas da população, da prática de organizações criminosas em obras e serviços - cartéis, na existência da corrupção ativa e passiva em todos os poderes, nos levam a uma catástrofe iminente para o Brasil.

Os bancos, financiam os esquemas, lavam dinheiro em obras e negócios em plena luz do dia, cobram e confiscam a riqueza da população, com a anuência do poder executivo e legislativo, bem como o poder judiciário. Sem falar na anuência simpática do BANCO CENTRAL DO BRASIL.

BRASIL ATUAL SOFRE DO MAL DA CLEPTOCRACIA GENERALIZADA

País governado por condenados, ladrões é um país roubado a cada momento. Não existirão limites de impostos, taxas e contribuições que irão satisfazer o crime organizado implantado no país atualmente. Assim, nos resta com remédio amargo, demitir corruptos, servidores facilitadores de atos ilícitos, extinguir órgãos públicos, ministérios, autarquias e fundações.

Bons funcionários públicos deverão ser aproveitados em outras demandas públicas ainda não sanadas no Brasil. O dinheiro público deverá ser levado a sério, sob pena de prisão imediata de qualquer ato que propicie danos ao patrimônio nacional.

Assim o que realmente aconteceu hoje no Congresso Nacional?

Se o local é do povo brasileiro, e seus funcionários públicos (deputados e senadores) não estão cumprindo o que espera nossos cidadãos, é licito ao povo, entrar no local que é da nação, e respeitosamente, chamar a responsabilidade e atenção dos omissos, dos pilantras e vigaristas, com olhares cínicos ainda não entenderam que poderão a qualquer momento, estarem exonerados pelo povo, a qual o poder advém do povo brasileiro.

A seguir, o que foi publicado nos momentos de tensão e emoção no Congresso Nacional, Brasília, Distrito Federal. Saiba mais, e compartilhem para mais pessoas, amigos e amigas nas redes sociais e grupos de discussão. Uma nação verdadeira se faz de cidadãos, compromissados com valores morais - éticos - e deveres cívicos.

PUBLICAÇÃO NO MOMENTO DO CALOR DA EMOÇÃO - 16/11/2016, tarde

O DIA QUE O CONGRESSO NACIONAL, FOI TOMADO PELO SEU PROPRIETÁRIO - O POVO BRASILEIRO, E EM RÁPIDA PAUTA LIDA NA FRENTE DO PLENÁRIO, SEGUNDO A BRASILEIRA QUE TEVE A HONRA DE O FAZER, EXISTIAM DEPUTADOS CÍNICOS COM SORRISOS NO ROSTO.

PAPO DE MALANDRO - DEPUTADOS FEDERAIS - CORRUPTOS E BANDIDOS - FORA JÁ - PAPO DE MALANDRO.

Se corre, é porque tem crimes a esconder.
VEJA NA ÍNTEGRA O QUE FOI DITO HOJE, DIA 16.11.2016, no interior do CONGRESSO NACIONAL, na Câmara dos Deputados. Apenas para uma observação, o deputado que presidia a sessão legislativa, saiu correndo - cagando nas calças.


ANEXANDO O QUE FOI PUBLICADO NO GRUPO MOVIMENTO BRASIL NOVO, nesta mesma data e sobre o mesmo assunto:

"[URGENTE,
Hoje, 16/11/2016, INVASÃO DO CONGRESSO NACIONAL !!!
Neste vídeo, a oradora do GRUPO DE REVINDICAÇÃO, diz...
- ... " Senhores, TEMOS NOVE BRASILEIROS ASSASSINADOS por minuto, CENTO E SESSENTA por dia, CINQUENTA E OITO MIL BRASILEIROS FORAM ASSASSINADOS em 2015, ...
- " Senhores, QUATROCENTAS PESSOAS MORREM na FILA DO SUS, todos os dias...
- Senhores vocês são pais, e vocês do CRIME POLÍTICO ORGANIZADO SAQUEOU ESTA NAÇÃO, hoje quem ESTA NO GOVERNO DO BRASIL é o CRIME POLÍTICO ORGANIZADO, Senhores. E vocês fazem parte deste governo.
- Quando EU FALO EM BANDIDO, os senhores ESTÃO COM SORRISINHO NO ROSTO, senhores. Pensem nas pessoas que MORREM TODOS OS DIAS neste país, enquanto saquearam o Brasil, no MAIOR ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO DA HISTÓRIA MUNDIAL, senhores..
- E vocês estão fazendo aqui o que?
No INCONSCIENTE COLETIVO, o inconformismo pela "sujeira" que tomou conta do MUNDO POLÍTICO e INSTITUCIONAL BRASILEIRO, é muito grande !!!]"
Discutindo pauta, querendo ACABAR COM A LAVA JATO!
É isto que VOCÊS QUEREM... É isto? "

A SOCIEDADE NÃO ESTÁ DE BRINCADEIRA...
E "ELES" ainda não conseguiram entender OS RECADO DAS RUAS iniciado desde as GRANDES MANIFESTAÇÕES de JUNHO 2013.

FONTE: MOVIMENTO BRASIL NOVO - 16/11/2016
COMPARTILHEM para mais amigos e amigas nas redes sociais, blogs e grupos de discussão, levantar as bundas das cadeiras, e irmos novamente e URGENTE para as Ruas do nosso Brasil.

COMPARTILHEM para que fique bem claro que quem está prevaricando, agindo de má fé nas questões e interesses públicos da nação, quem está descumprindo a Constituição Federal, quem está roubando os sonhos e vidas de milhões de brasileiros com o câncer instalado da CORRUPÇÃO na nação, são os políticos brasileiros, partidos e organizações que vivem como carrapatos, sugando o sangue do povo desta nação.

COMPARTILHEM para que fique bem claro que se existe CRIME CONTRA A NAÇÃO BRASILEIRA, o mesmo está sendo praticado nos recintos e fora dos três poderes da república brasileira, onde tais militantes criminosos se utilizam da liberdade proporcionada pela DEMOCRACIA para praticarem atos e crimes de toda espécie inimaginável, de forma contínua e sistêmica, configurando organizações criminosas políticas e demais, com o único objetivo de roubar o dinheiro público, enganar, fraudar, mentir e se apoderar do patrimônio do povo brasileiro.

COMPARTILHEM para que fique bem claro que a ação pacífica empreendida em legítimo protesto e inconformismo com tamanha safadeza, atos de vigarice, crime organizado na prática de ilícitos contínuos: provém da TOTAL INSATISFAÇÃO E NO LIMITE POSSÍVEL E TOLERÁVEL DOS CONTRIBUINTES, ELEITORES E CIDADÃOS BRASILEIROS, diante de tamanha corrupção, ladroagem, cinismo, mentiras e safadezas de autênticos vigaristas.

COMPARTILHEM para que fique bem claro que o povo tem certeza que nesse atual CONGRESSO NACIONAL, menos de 5% do parlamento apresenta atitudes compatíveis com o chamado DECORO PARLAMENTAR. Muito poucos que respeitam os recursos disponibilizados pelos impostos, taxas e tributos cobrados do povo brasileiro, e prestam contas de gastos conforme critérios da decência, da ética, da educação e respeito, da educação moral e cívica diante de nossa pátria - BRASIL.

COMPARTILHEM, pois chegamos ao limite tolerável da paciência deste povo, que não vê mais nenhuma chance de resignação por parte desse ranço de picaretas e ladrões, instalados no Congresso Nacional Brasileiro, em pleno mês de novembro de 2016.

COMPARTILHEM para que saibam que exigimos a RENÚNCIA DE TODOS OS DEPUTADOS E SENADORES DESSA REPÚBLICA, e que se faça através da ORDEM e diante das leis, a substituição desses criminosos, de forma direta, rápida e pacífica.

COMPARTILHEM que tal situação proporcionada pelos próprios parlamentares em geral - deputados federais, senadores da república, ministros, governadores, prefeitos, presidentes de estatais, secretários, partidos políticos são os verdadeiros e únicos responsáveis pelo GOLPE PRATICADO CONTRA O PATRIMÔNIO DA NAÇÃO BRASILEIRA, PELO GOLPE PRATICADO CONTRA O POVO BRASILEIRO utilizando para isso, falsas verdades quanto ação em nome da liberdade democrática.

FALTA DE RESPEITO PARA COM OS CIDADÃOS BRASILEIROS
RESPEITAR O CONTRIBUINTE, O ELEITOR E O CIDADÃO É OBRIGAÇÃO DOS DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA, E DEMAIS POLÍTICOS E DETENTORES DE CARGOS PÚBLICOS.
AFRONTAR O POVO, FAZÊ-LO CAIR EM FALSAS INFORMAÇÕES, FALSAS VERDADES, JOGOS MAFIOSOS DE TROCA DE FAVORES, QUEM DÁ MAIS PARA TER O VOTO, NADA MAIS SIGNIFICA UMA AFRONTA DIRETA A DIGNIDADE DO CIDADÃO BRASILEIRO.

E O POVO, SENDO O DONO DO PODER, DO CONGRESSO NACIONAL, NÃO PODERÁ DEIXAR QUE SEUS ESCOLHIDOS E SUBORDINADOS, FAÇAM ATOS A SUA REVELIA.
ASSIM, NÃO EXISTIU INVASÃO, E SIM, TOMADA DE POSSE TEMPORÁRIA PARA DAR UM RÁPIDO RECADO, SE NÃO CRIAR VERGONHA NA CARA, O POVO BRASILEIRO IRÁ DEMITIR O RESTO.

BRASÍLIA, 16 DE NOVEMBRO DE 2016.

CONHEÇA MAIS DETALHES DO TEXTO, NO VÍDEO A SEGUIR:

https://youtu.be/wozBhFVb-yc

COMPARTILHEM!

Obrigado,

Engº José Antonio Gonçalves.'.
Ribeirão Preto, Estado de São Paulo - Brasil.

Editado e publicado em 16/11/2016
FONTE; IMPRENSA NACIONAL BRASILEIRA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário