Google+ Badge

sábado, 5 de setembro de 2015

O 7 de setembro blindado

Câmara aprova emenda proposta pelo CAU/BR para reduzir imposto para escritórios de arquitetura e engenharia | aU - Arquitetura e Urbanismo

Câmara aprova emenda proposta pelo CAU/BR para reduzir imposto para escritórios de arquitetura e engenharia | aU - Arquitetura e Urbanismo



A Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (2), por 344 votos favoráveis, 73 contrários e três abstenções, a emenda de número 10 do Projeto de Lei Complementar (PLC) 25/2007, que acata a proposta do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) para reduzir significativamente o imposto dos profissionais e escritórios de arquitetura e urbanismo que faturam até R$ 225 mil por ano. Agora, a matéria segue para apreciação do Senado.
A emenda de autoria do deputado e arquiteto Joaquim Passaria altera o substitutivo ao PLC aprovado na terça-feira (1º), que amplia o alcance do sistema unificado de tributação Simples Nacional (Supersimples). O objetivo do texto aprovado é permitir a participação de empresas não mais de acordo com a sua categoria e, sim, pelo seu faturamento, que também foi ampliado.
A atual legislação do Supersimples tem seis tabelas e, se a ampliação do programa for sancionada, serão quatro. Pelo substitutivo do relator, os arquitetos e urbanistas seriam enquadrados na tabela do Anexo IV, assim como o setor da construção de imóveis e obras de engenharia em geral, inclusive sob a forma de subempreitada, projetos e serviços de paisagismo e decoração de interiores. Com a vitória, passarão a pagar as alíquotas definidas pela tabela do Anexo III da nova lei. As alíquotas totais do anexo IV variam de 13,05% (receita bruta até R$ 225.000,00) a 28,50% (de R$7.200.000,00 a R$ 14.400.000,00), e do anexo III variam de 6% (receita até R$ 225.000,00) a 29,45% (receita de R$ 7.200.000,00 a R$ 14.400.000,00). Portanto, para a primeira faixa, o imposto cairá mais do que pela metade.
Para o CAU/BR, "a mobilização dos arquitetos e urbanistas, que nessa terça enviaram e-mails e telefonaram para os deputados, seguindo sugestão do Conselho, pesou muito, somando-se ao trabalho das Assessorias de Assuntos Institucionais e Parlamentar e de Comunicação Integrada". "Mas não podemos esmorecer, temos que conseguir manter a vitória no Senado e ai comemorar de vez", disse o presidente da entidade Haroldo Pinheiro.
Atualmente, podem participar do sistema diferenciado de tributação empresas que tenham receita bruta anual máxima de R$ 360 mil a R$ 3,6 milhões. Com o novo texto, o limite de enquadramento é ampliado de forma escalonada a partir de 2017 em 250% para microempresas, indo de R$ 360 mil para R$ 900 mil, e 400% para pequenas empresas, de R$ 3,6 milhões para R$ 7,2 milhões. Em 2018, o teto sobe para R$ 14,4 milhões para as indústrias.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Projeto geração de energia elétrica com placas fotovoltaicas - UFSCar

Na série Grandes Obras: conheça a Usina Solar da Tractebel

Tractebel Energia

Ferozzy Cohen- Nova Casa (Lyric Video)

O Burro Teimoso (Vídeo Engraçado) - MARIZA (OFICIAL)

Desenho animado, muito engraçado, muito bom

O MELHOR VÍDEO MOTIVACIONAL JÁ FEITO 2012 (ESPETACULAR!)

Prevenção a Desastres - NUDECs

Áreas de risco: informação para prevenção

Como funciona o pluviômetro

terça-feira, 1 de setembro de 2015

How Powerful Is Brazil?

How Powerful Is Brazil?

Brazil training for a possible war

BRAZIL: SOON A NEW MILITARY POWER

Programa CBERS

Vídeo institucional do Programa CBERS que é desenvolvido em parceria com a China desde a assinatura de um acordo em 06/07/1988. O Programa CBERS ou China-Brazil Earth Resources Satellite (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) está sendo desenvolvido numa parceria que envolve o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e a Academia Chinesa de Tecnologia Espacial (CAST) visando o desenvolvimento de uma família de satélites avançados de sensoriamento remoto para os dois países.

Através desse exitoso programa (coisa rara no PEB) já foram desenvolvidos e lançados três satélites, ou seja, o CBERS-1 (lançado em 14/10/1999), o CBERS-2 (lançado em 21/10/2003) e o CBERS-2B (lançado em 19/09/2007 e atualmente em órbita) todos com sucesso.

Atualmente estão o desenvolvimento pelas indústrias dos dois países os Satélites CBERS-3 e 4, com previsão de lançamento em 2011 e 2014 respectivamente. Isto é, se não houver atrasos. Para maiores informações visite o site do programa pelo link: http://www.cbers.inpe.br/


Administrador da NASA visita o INPE (27/10/11)

Visita do Administrador da Nasa, Charles Bolden ao Laboratório de Integração e Testes do INPE, com a assinatura do Acordo de cooperação sobre o programa para Medidas Globais de Precipitação.

Administrador da NASA visita o INPE (27/10/11)

Visita do Administrador da Nasa, Charles Bolden ao Laboratório de Integração e Testes do INPE, com a assinatura do Acordo de cooperação sobre o programa para Medidas Globais de Precipitação.

INPE - Vídeo Institucional

domingo, 30 de agosto de 2015

DILMA - PRESTAÇÃO DE CONTAS

Atendendo às vozes das ruas, a Exma Sra Presidenta da República Virilha Grosa de Brasília Jaguatirica do Serrado Musa do Povo Dilma Rousseff presta contas à Nação! 

INSCREVA-SE - http://tinyurl.com/c6fm4ok

BAIXE NOSSO APLICATIVO PARA CELULAR:
iPhone - http://tinyurl.com/awfh98g
Android - http://migre.me/deC7p

Twitter: http://www.twitter.com/parafernalha
Facebook: http://www.facebook.com/parafernalha

-----

ELENCO:
Dilma - Gustavo Mendes

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL:
Assessor - Victor Lamoglia

EQUIPE TÉCNICA:
Direção de Set - Osiris Larkin
Assistente de direção - Douglas Felix
Captação de som - Flavio Brasil
Direção de produção - Alessandra Bezerra
Produção - Renata Giardini e Bernardo Calmon
Direção de Arte e figurino - Jhonatta Vicente 
Assistente de arte e figurino - Marcela Cantaluppi
Montagem - Kleber Galúcio
Edição - Kleber Galúcio
Correção de cores - Kleber Galúcio
Direção de conteúdo - Marcelo Sebá

Ted 2 - Trailer Internacional