Google+ Badge

quinta-feira, 27 de março de 2014

Chiarelli Rasga o Verbo

Enviado em 23/12/2010
Deputado Chiarelli!

Agradecemos sua coragem, sua inteligência!

Em muitos momentos, foi sua voz, na tribuna, que disse o que temos todos travados na garganta. Policiais, aposentados, trabalhadores, servidores.
A amargura e a revolta de sermos feitos de bobos a cada novo dia por esta corja!

Até que o povo se levante, nosso muito obrigado!

Compare a coragem e a sabedoria nesta fala do Dep. Chiarelli na Câmara dos Deputados com a disposição guerreira de Leônidas na batalha das Termópilas.

Não se rende, não cede terreno e luta, até o último momento, independente
da sabida desvantagem numérica, independente das traições, independente de vitória ou derrota, pelo que é justo e devido.

No século V a.C., Leônidas, general de Esparta, lidera as forças gregas em
defesa de seus territórios contra os Persas .

Líder Persa, Xerxes tenta intimidar Leônidas sugerindo que as flechas de seus 200.000 soldados seriam tão numerosas que obscureceriam a luz do sol. A resposta do bravo Leônidas foi: "tanto melhor. Combateremos à sombra"

Em desvantagem numérica, mas exímios soldados de grande bravura, os gregos iniciam a batalha com sucesso.

Causam grandes baixas entre os Persas. Pareciam invencíveis, protegidos pela geografia acidentada, por suas longas lanças e extrema coragem.

Porém os gregos são traídos por um desertor, que guia Xerxes e os Persas
através de passagens pelo desfiladeiro.

Flanqueados, diante da derrota iminente, Leônidas dispensa os soldados que quisessem escapar da morte naquela batalha.

Dispersam-se, e fica Leônidas com cerca de 1.400 homens, entre os quais, seus fiéis 300 de Esparta.

Lutam até o último homem, caem somente pela morte.

Acima de tudo, honram o amor à terra pátria, que se confunde à
própria vida.

Pois não há homem sem honra, como não há honra sem pátria.

Tivesse a Grécia mais Leônidas, tivesse a Grécia mais espartanos, tivesse o Brasil mais Chiarelli, a história se escreveria muito diferente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário